quarta-feira, 2 de junho de 2010

UMA DAS PRINCIPAIS DOUTRINAS DA BÍBLIA! 2



Ser batizado no Espírito significa experimentar a plenitude do Espírito:

“Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizado com o Espírito Santo, não muito depois destes dias” (At 1.5)

“E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (At 2.4)

Este batismo teria lugar somente a partir do dia de Pentecoste. Quando aos que foram cheios do Espírito Santo antes do dia de Pentecoste:

“porque será grande diante do senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e sra cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe... ...E Zacarias, seu pai, foi cheio do Espírito Santo e profetizou, dizendo:” (Lc 1.15, 67)

Lucas não emprega a expressão”batizados no Espírito Santo”. Este evento só ocorreria depois da ascensão de Cristo:

“até o dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera; aos quais também, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias e falando do que respeita ao Reino de Deus. E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do pai, que (disse ele) de mim ouvistes.porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizado com o Espírito Santo, não muito depois destes dias” (At 1.2-5)

“E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestido de poder. E levou-os fora, até Betânia; e, levantando as mãos, os abençoou. E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi levado ao céu.” (Lc 14.49-51)

"Todavia, digo-vos a verdade: que vos convém que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas se eu for, enviar-vo-lo-ei.” (Jo 16.7)

O livro de Atos descreve o falar noutras línguas como o sinal inicial do batismo no Espírito Santo:

“E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (At 2.4)

“E os fiéis que eram da circuncisão, todos quanto tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramassem também sobre os gentios. Porque os ouviam falar em línguas e magnificar a Deus.” ( At10.45,46)

"E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam”(At 19.6)

O batismo no Espírito Santo outorgará ao crente ousadia e poder celestial para este realizar grandes obras em nome de Cristo e ter eficácia no seu testemunho e pregação:

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1.8)

“E, tendo eles orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo e anunciavam com ousadia a Palavra de Deus” (At 4.31)
“E Estevão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo” (At 6.8)

“pelo poder dos sinais e prodígios, na virtude do Espírito de Deus; de maneira que, desde Jerusalém e arredores até ao Ilírico, tenho pregado o evangelho de Jesus Cristo” (Rm 15.19)

“A minha palavra e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração do Espírito e de poder” (1 Co 2.4)


Esse poder não se trata de uma força impessoal, mas de uma manifestação do Espírito Santo, na qual a presença, a glória e a operação de Jesus estão presentes com seu povo:

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que eu fique convosco para sempre... ...Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós” (Jô 14.16,18)

“Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil” (1Co 12.7)

outros resultados do genuíno batismo no Espírito Santo são:

a) mensagens proféticas e louvores;


b) maior sensibilidade contra o pecado que entristece o Espírito Santo, uma maior busca da retidão e uma percepção mais profunda do juízo divino contra a impiedade;


c) uma vida que glorifica a Jesus Cristo;

d) visões da parte do Espírito;

e) manifestação dos vários dons do Espírito Santo;

f) maior desejo de orar e interceder;

g) maior amor à Palavra de Deus e melhor compreensão dela

h) uma convicção cada vez maior de Deus como nosso Pai

A Palavra de Deus cita várias condições prévias para o batismo no Espírito Santo.

a) Devemos aceitar pela fé a Jesus Cristo como Senhor e Salvador e apartar-nos do pecado e do mundo. Isto importa em submeter a Deus a nossa vontade “aqueles que lhe obedecem” . devemos abandonar tudo o que ofende a Deus, para então podermos ser “vaso para honra, santificado e idôneo para o uso do Senhor”.

b) É preciso querer o batismo. O crente deve ter grande fome e sede pelo batismo no Espírito Santo

Fonte BEP

2 comentários:

Felipe M.Nascimento disse...

Paz em Cristo jesus eu gostei muito do teu Blog é mo benção... ((Veja))www.blog-vidaprofetica.blogspot.com deixe um comentaria blz até logo valeuuuuu...

Giancarlo Barbieri Paim disse...

Graça e Paz! Parabéns pelo blog. O "mundo" cristão precisa ser lembrado de algumas verdades! Aproveito p/ convidá-lo a visitar o nosso blog: verdadeasaber.blogspot.com.